Prescrição Racional

Probiótico diminui o choro em lactentes com cólicas


MGFamiliar ® - Sunday, June 21, 2020




Pergunta clínica: Em lactentes com cólicas, será a suplementação com probióticos eficaz na diminuição do choro?

População: lactentes com menos de dois meses, com episódios de cólicas
Intervenção:ingestão do probiótico Bifidobacterium animalis subsp. Lactis
Comparação: ingestão de placebo
Outcome: redução de pelo menos 50% duração média diária do choro após 28 dias de tratamento

Desenho de estudo: Ensaio clínico randomizado com dupla ocultação. Os investigadores trabalharam com pediatras da comunidade para identificar lactentes com menos de 8 semanas, com episódios documentados de cólicas com duração de pelo menos 1 semana. Considerou-se como cólicas os episódios de choro ou irritabilidade sem causa aparente por pelo menos 3 horas por dia e pelo menos 3 dias por semana. Os bebés identificados foram acompanhados durante uma semana antes do início da intervenção para confirmação do diagnóstico. 80 bebés foram aleatorizados sob ocultação para receber placebo ou suplementação com o probiótico Bifidobacterium animalis subsp. lactis (Bifidolactis Infant) todas as manhãs, por via oral, durante 28 dias. Os pais anotavam os dados num diário e as crianças eram avaliadas semanalmente por um pediatra. O acompanhamento foi de 100% em ambos os grupos e a análise foi por intenção de tratar.

Resultados: O outcome primário, definido como uma redução de pelo menos 50% da duração média diária do choro após 28 dias de intervenção, ocorreu em 80% das crianças tratadas, em comparação com 33% das crianças não tratadas (p <0,0001) e o benefício verificou-se logo na primeira semana de tratamento. Além disso, a média de minutos de choro por dia, o número de episódios de choro e o número de dejeções diárias foi menor no grupo com o tratamento.

O tratamento das cólicas em crianças sob amamentação com um probiótico específico - Bifidobacterium animalis subsp. Lactis – diminuiu significativamente a duração e os episódios do choro. O probiótico diminuiu para pelo menos metade a duração diária do choro em 80% dos lactentes (NNT=2)

Conclusão: Este probiótico específico revelou-se muito eficaz no tratamento da cs cólicas do lactente. Os pais devem ser capacitados para ler os rótulos e procurar este probiótico específico, pois o efeito poderão ser generalizável a outros probióticos.

Comentário: Trata-se de um estudo com uma amostra pequena e existem outros estudos que não demonstraram consistentemente este benefício. Em todo o caso, os dados deste trabalho apontam para que talvez o tipo específico de probiótico administrado seja importante. Assim, sendo o choro um dos principais determinantes para avaliar mal-estar nestas idades, tendo em conta os resultados obtidos devemos enquadrar na nossa prática clínica a capacitação dos pais para que, se tiverem intenção de utilizar tratamento com probióticos, devam procurar o que inclui Bifidobacterium animalis subsp. Lactis.

Artigo original: Aliment Pharmacol Ther

Por Carlos Seiça Cardoso, USF Condeixa



Comments
Post has no comments.

Post a Comment




Captcha Image


Recent Posts


Tags

 

Archive